Tag: dicas

Se tem uma coisa que gostamos de fazer (além do nosso trabalho, é claro) é contar nossa história. Não que achemos que seja uma história de quem já venceu na vida e pode descansar encima de um legado de 10 anos, mas sim porque achamos que compartilhar o que aprendemos até aqui pode ser útil para quem está começando agora e não quer cometer os mesmos erros que cometemos.

Não é fácil começar uma empresa quando se tem tão pouca idade (e conhecimento empresarial) quanto tínhamos, mas todas as experiências serviram para que pudéssemos entender melhor nosso negócio, definir um foco específico e termos uma empresa de fato, que se consolida ao passo que estamos entrando em nosso décimo ano (caraca, é muito tempo!).

Nos dias de hoje, quem não está no Facebook, é de outro mundo, como dizem por aí. Através do seu feed, você pode acessar notícias, humor, conteúdos específicos que te interessam e até acessar informações sobre seus concorrentes, se curtir as páginas certas e souber onde procurar informações. Certamente se você, empresa, não estiver no Facebook, vai estar perdendo um público que pode ser muito bem vindo, além de perder a oportunidade de criar uma imagem e mostrar a cultura da sua empresa para o mundo, e deixar de ganhar fãs tanto virtuais quanto na vida real.

Porém, apenas estar presente, não basta. É preciso portar-se da maneira correta. Por isso, estamos aqui para auxiliá-los e dar-lhes alguns direcionamentos, de acordo com nossa experiência diária com esta ferramenta :)

27.maio.13
Por Andy Brisola
Categorias: Produtividade

Antigamente era assim: Início da madrugada, 1h da manhã. Você dizia: “Cara, amanhã vou acordar às 7h.”

Sabe aquele cara que prontamente responde “Amanhã não, hoje!”? Esse cara é um mala.

Já atualmente, em tempos em que a informação chega em velocidade absurda e os profissionais se veem aos tombos para dar conta de tudo o que chega em sua caixa de entrada, esse cara transforma o computador à sua frente em uma arma letal que, apontando para o seu avatar, mira (e acerta) em cheio na sua produtividade.

Foi observando a presença cada vez mais freqüente deste personagem na maioria das empresas que resolvi compilar algumas situações e dicas para ajudar a minimizar a presença deste sujeito tão desagradável que, se não for você, está sentado na estação de trabalho ao seu lado:

21.ago.12
Por Odo Reginatto
Categorias: Carreira

Estou no meio acadêmico desde 2003, e nesses dez anos já fiz inúmeras apresentações de trabalhos, artigos e projetos. Também presenciei dezenas de outras e tive a honra de avaliar algumas delas.

Aprendi muito montando e fazendo apresentações, e depois de alguns convites, me senti à vontade para montar um material para falar a respeito deste assunto.

“Técnicas para uma apresentação de alto impacto” é um material bastante didático, com foco na organização das ideias principais (planejamento) e na prevenção dos pequenos erros que muitas vezes acabam comprometendo todo um trabalho na hora da apresentação. Também conta com algumas dicas para finalizar a apresentação mantendo o interesse do público. Ele foi desenvolvido inicialmente para uma turma de Design e Engenharia de Produção da Ulbra Carazinho, mas as dicas servem para qualquer tipo de apresentação, seja ela acadêmica ou profissional.

12.jul.12
Por Andy Brisola
Categorias: Carreira / Produtividade

Quem aqui nunca reclamou do trabalho, né amigo? Todos já sentaram numa roda de amigos e ficaram desabafando sobre seus problemas, indignações, os ossos do ofício. Foi pensando nisso que resolvemos ajudar. Baseado em uma enquete no Facebook e em muitas conversas inbox e pessoalmente (já que muitas pessoas preferem não se identificar ao lamuriar-se da sua empresa) separamos algumas dicas para ajudá-los. :)

Hoje em dia, estamos frequentemente online no Facebook. Alguns contam cada detalhe da sua vida, suas intimidades, opiniões… Outros reclamam de certas atitudes das outras pessoas, cancelam assinaturas, excluem “amigos”… Mas afinal, o que se deve ou não fazer no Facebook?

Procuramos na Internet por informações referentes a este assunto e não encontramos nada muito pertinente ao nosso dia a dia, portanto, resolvemos pesquisar a opinião dos nossos curtidores e dividir com vocês a nossa opinião. Para obter esses dados, fizemos uma enquete na nossa fan page, além de compartilhar nossas ideias pré-estabelecidas.

05.jun.12
Por Andy Brisola
Categorias: Produtividade

Foi-se o tempo em que um e-mail podia roubar mais do que 2 minutos do seu tempo. Em uma era de resumos, abreviações e pensamentos de (no máximo) 140 caracteres, saber utilizar o e-mail como uma ferramenta eficiente de comunicação sem comprometer sua produtividade e organização é um grande diferencial.

Compilamos abaixo algumas dicas que podem ajudar você a inverter as regras do jogo e fazer o seu e-mail trabalhar como um aliado ao invés de um inimigo: