Não sou grande expert em redes sociais, mas tendo em vista a quantidade de convites que tenho recebido no meu Linkedin, resolvi escrever para orientar algumas pessoas que estão entrando na rede sem nem ao menos procurar saber para que ela serve e se de fato vai agregar algo para elas.

Pessoalmente gosto muito do Linkedin e trato meu canal como um currículo online. Nele tenho um resumo de todas minhas experiências profissionais, alguns depoimentos de colegas e clientes com quem já trabalhei, e também a descrição de minha formação acadêmica. Não utilizo o Linkedin para fazer amigos e sim para manter contatos profissionais e buscar networking, afinal, este é o grande diferencial da rede: o fato de você poder se conectar com profissionais e empresas que sejam de fato relevantes para você e sua carreira.

Se tem uma coisa que gostamos de fazer (além do nosso trabalho, é claro) é contar nossa história. Não que achemos que seja uma história de quem já venceu na vida e pode descansar encima de um legado de 10 anos, mas sim porque achamos que compartilhar o que aprendemos até aqui pode ser útil para quem está começando agora e não quer cometer os mesmos erros que cometemos.

Não é fácil começar uma empresa quando se tem tão pouca idade (e conhecimento empresarial) quanto tínhamos, mas todas as experiências serviram para que pudéssemos entender melhor nosso negócio, definir um foco específico e termos uma empresa de fato, que se consolida ao passo que estamos entrando em nosso décimo ano (caraca, é muito tempo!).

Nos dias de hoje, quem não está no Facebook, é de outro mundo, como dizem por aí. Através do seu feed, você pode acessar notícias, humor, conteúdos específicos que te interessam e até acessar informações sobre seus concorrentes, se curtir as páginas certas e souber onde procurar informações. Certamente se você, empresa, não estiver no Facebook, vai estar perdendo um público que pode ser muito bem vindo, além de perder a oportunidade de criar uma imagem e mostrar a cultura da sua empresa para o mundo, e deixar de ganhar fãs tanto virtuais quanto na vida real.

Porém, apenas estar presente, não basta. É preciso portar-se da maneira correta. Por isso, estamos aqui para auxiliá-los e dar-lhes alguns direcionamentos, de acordo com nossa experiência diária com esta ferramenta :)

Cada dia mais pessoas e empresas estão aderindo e investindo no Facebook. Porém, vemos que muitas delas ainda têm dúvidas sobre alguns aspectos e outras que cometem algumas gafes. Por exemplo a dúvida sobre ter um perfil ou uma fan page. Então, pra você que tem uma empresa, juntamos alguns prós e contras pra acabar de vez com as suas dúvidas.

Segundo as regras de uso do Facebook, empresas ou instituições devem ter fan page. Perfis são somente para pessoas. Além do que, não faz sentido ter um perfil. Empresas não têm amigos, mas sim clientes, seguidores (curtidores), pessoas que acompanham o seu trabalho, além de outras empresas, fornecedores e afins. Também não faz sentido uma empresa participar de jogos no Facebook, né?

05.jul.13
Por Odo Reginatto
Categorias: Carreira / Estratégia

Olá pessoal.

Não, este não sou eu!

Não é muito comum eu escrever textos para o blog, mas tendo em vista os últimos acontecimentos e algumas percepções que passei a ter em relação ao meu trabalho, achei interessante compartilhar algumas ideias e experiências que tenho buscado para minha vida profissional. Espero que gostem, ou não.

Quero começar explicando a diferença entre Workaholic e Worklover, com um trecho do texto do Willian Binder para o site de finanças Dinheirama. Seguem as definições do autor:

Workaholic

  • O trabalho é fonte de pressão e stress
  • Queixa-se do trabalho no fim de semana
  • Não consegue ficar longe do trabalho
  • Sente-se inseguro
  • Busca atender expectativas dos outros
  • Tem que trabalhar muito pra demonstrar capacidade

Ser workaholic é determinado por fatores ligados à insegurança e por pressões externas.

Worklover

  • Trabalho é fonte de satisfação
  • Pensa sobre trabalho e expectativas no fim de semana
  • Consegue se afastar do trabalho, apesar de que qualquer situação leva a pensar em oportunidades para ele
  • Busca realizações
  • Tem que melhorar sempre para atender suas próprias expectativas

Ser worklover é determinado por escolhas pessoais e por pressões internas.

Com a crescente abrangência do Mercado Digital, tomando proporções maiores a cada dia, é fundamental estar atento às mudanças, essencial fazer parte deste nicho e ganhar espaço junto ao público-alvo em potencial, então vamos até ele.

Segundo a Bridge Ratings, mais de 57 milhões de pessoas ouvem rádio online e mais de um milhão de diferentes conteúdos em Streaming são acessados, por dia, na Internet. Sem falar da rede de compartilhamentos que isso gera e espalha-se absurdamente, lhe rendendo viral gratuito.

Sobre a Ferramenta

Trata-se de um sistema funcional, ágil, prático e barato que permite a transmissão de áudio via internet, proporcionando assim, total inclusão de toda e qualquer rádio convencional no mundo virtual.

A mesma poderá alavancar sua audiência com vigor em potencial de transmissão, lhe garantindo assim um excelente retorno do seu público-alvo, anunciantes e ouvintes.

Esse facilitador de compartilhamento de conteúdos auditivos online, se dá através de pacotes, sendo assim, o áudio não pode ser salvo pelo computador do usuário que o recebe, ele pode apenas ouvi-lo. Isso permite que um usuário ouça músicas protegidas por direitos autorais na Internet, sem que o proprietário tenha seus direitos autorais violados. Muito prático, ele facilita a vida do usuário que não necessita mais baixar todo um arquivo mp3 pra poder ouvi-lo. Através da ferramenta, você pode divulgar seus áudios (independente do segmento), criar sua própria rádio e qualquer outro conteúdo de Streaming de áudio de seu interesse. Bacana, não?

Se você parar para analisar o mercado da década de 90, bons tempos os de hoje. Naquela década era tudo mais complicado e lento. Se sua internet não estivesse a fim de colaborar, não rodava mesmo. O legal é que, assim como o mundo, o Streaming evoluiu juntamente com o mercado consumidor da Era Digital, hoje tudo flui e roda com mais agilidade, mais facilidade. Você consegue acessar qualquer conteúdo na hora em que deseja, de qualquer lugar, graças aos dispositivos móveis.

Para isso, possuímos um sistema de Streaming de áudio AAC, compatível com todos os dispositivos móveis do mercado que possuem acesso Web, incluindo Iphone, Ipad, Black Berry e aparelhos com Sistema Android. Também disponibilizamos a opção de um player em HTML 5.

Funcionamento

O conteúdo lançado no Streaming segue para um dispositivo eletrônico na forma de um sinal de cabo, um sinal de satélite ou ondas de rádio. O dispositivo decodifica, exibe o sinal e pronto, apto a rodar. Você receptor, conecta-se à internet, acessa o canal desejado, clica no play e ouve. Simples assim.

Assim é fácil e prático compartilhar seu conteúdo com o mundo, não?

Algumas Vantagens

  • Dispensa de licença da ANATEL
  • Transmissão com muita facilidade e sem limites de fronteiras
  • Não precisa necessariamente de internet rápida
  • Sistema de rádio garantido 24 horas
  • Garantia de assistência e suporte sempre que necessário
  • Instalação imediata após efetivação de pagamento

A Rádio Ceres já possui o seu. Confira: http://www.radioceres.com.br/

27.maio.13
Por Andy Brisola
Categorias: Produtividade

Antigamente era assim: Início da madrugada, 1h da manhã. Você dizia: “Cara, amanhã vou acordar às 7h.”

Sabe aquele cara que prontamente responde “Amanhã não, hoje!”? Esse cara é um mala.

Já atualmente, em tempos em que a informação chega em velocidade absurda e os profissionais se veem aos tombos para dar conta de tudo o que chega em sua caixa de entrada, esse cara transforma o computador à sua frente em uma arma letal que, apontando para o seu avatar, mira (e acerta) em cheio na sua produtividade.

Foi observando a presença cada vez mais freqüente deste personagem na maioria das empresas que resolvi compilar algumas situações e dicas para ajudar a minimizar a presença deste sujeito tão desagradável que, se não for você, está sentado na estação de trabalho ao seu lado:

10.abr.13
Por upside.cc

Mas o que é isso?

Trata-se da mais poderosa ferramenta para gestão de campanhas de marketing eletrônico, o chamado: E-mail Marketing Inteligente.

Para que serve?

O E-mail Marketing Inteligente pode ser usado na fidelização de seus clientes, na oferta de produtos e serviços, pesquisas de satisfação, cartões comemorativos e de aniversário, envio de informativos periódicos e comunicadores internos.

Como funciona?

Trata-se de uma Newsletter, informativa e criativa, que será enviada à uma lista de e-mails, cadastrados ou selecionados. Através da nossa ferramenta de disparos, conseguimos planejar e gerenciar ações digitais via boletim eletrônico. Nós elaboramos e mensuramos a melhor estratégia para atrair o público alvo, aumentar as vendas e a audiência de forma qualitativa.

26.mar.13
Por Lêo Schallenberg

Quando os problemas da vida parecem complicados demais para suportar, quando 24 horas em um dia não são suficientes, lembre-se do pote de maionese e, das cervejas…

Vai parecer uma daquelas histórias encaminhadas por email, e pode ser que até já a conheçam. Mas enfim, fala de maionese e cerveja. So, why not? :D

Enjoy!

Tags:
28.ago.12
Por Lêo Schallenberg

A clássica história do porco e da galinha.

Mesmo assim, achei importante termos pelo menos um registro disso no blog da agência, enfim, fazermos parte da disseminação. Para quem ainda não conhecia, melhor ainda.

A história, um tanto quanto estranha é claro, serve muito bem para explicar os papéis de cada indivídulo no Scrum. Uma analogia sobre envolvimento e comprometimento.

A premissa básica é de que o porco disponibiliza o próprio bacon dele na empreitada. Quem tem o papel do porco geralmente é quem executa, quem “faz” o trabalho.

A galinha é a que tem algo a ganhar com a performance do porco, e no final, não contribui realmente no dia a dia para “fazer acontecer”. Os “ovos” dela são apenas recursos, e muitos são “chocados”, “fecundados”.